Projeto Cão Comunitário se torna esperança para os cães de rua

0

Imagine você ser rejeitado, jogado na rua e ainda ter que conviver com o calor, frio, fome e sede. É isso que os cães em situações de rua passam diariamente. Mas um projeto criado na cidade de São Pedro, interior paulista, tem se tornado a esperança dos “peludos”. 

O projeto Cão Comunitário consiste em implantar comedouros e bebedouros em alguns pontos estratégicos da cidade, que conta infelizmente com uma concentração grande de animais abandonados, facilitando, assim, o resgate e permitir que não sofram com a fome e sede enquanto estão nas ruas. Um grupo de voluntários realiza a manutenção diária como troca de água e ração, limpeza dos canos e manutenção.

E quem pensa que o projeto é exclusivo do grupo, se engana. Qualquer pessoa pode ajudar, colocando ração e água nos vasilhames. 

Todos os valores gastos na montagem dos kits de comedouros e bebedouros são doados por voluntários ou por comerciantes parceiros. As doações podem ser feitas nos cofrinhos que estão instalados em lojistas parceiros anunciados na página oficial. Os valores arrecadados com essas contribuições dos cofrinhos serão revertidos para compra de ração e medicamentos.

Além da ajuda financeira, o projeto aceita doações de tampinhas de Polipropileno (PP), onde o valor da venda é revertido para o projeto. Segundo os voluntários, “são necessários 20 galões cheio de tampinhas para se comprar um 1kg de ração, por isso o trabalho de arrecadação será uma luta diária, mas que valerá a pena, pois além de conseguirmos esses valores, estaremos tirando dos lixos muito plástico, contribuindo assim com o nosso meio ambiente.”

São aceitas tampinhas de garrafas pet (refrigerante, água, leite, suco, iogurte, tampa e lacre de bombonas de água, etc.), tampinhas de produtos de higiene e limpeza (amaciante, sabão em pó, álcool, creme dental, hidratante, desinfetante, xampu, etc.), tampinhas de medicamento e de alimentos (margarina, manteiga, maionese, fermento, leite em pó, achocolatado, etc.) que teriam como destino o lixo.

Os voluntários ressaltam que o Projeto Cão Comunitário não conta com patrocinadores e não temos vínculo com a prefeitura, com outros órgãos públicos, tampouco com grupos políticos-partidários. Para ajudar no projeto, entre em contato diretamente com a página, CLICANDO AQUI.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.