Kleverson Passos: O corretor das mansões

0

O mercado imobiliário tem sido bastante afetado pelo cenário econômico adverso, tanto de forma negativa como positiva. Com os juros altos e a instabilidade política, o sonho da casa própria acaba sendo adiado, porém, o momento é de boas oportunidades de compra de imóvel por parte de investidores.

De acordo com a Pesquisa do Mercado Imobiliário, realizada pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP, apurou em novembro de 2019 a comercialização de 4.974 unidades residenciais novas. O resultado foi 43,5% superior ao total comercializado em outubro (3.467 unidades) e superou em 29,4% as vendas de novembro de 2018 (3.843 unidades).

Quem é Kleverson Passos? O corretor das mansões
Kleverson Passos tem 30 anos, natural de Vitória – ES.  A história de Kleverson Passos remete a uma história difícil, começando do zero e com muitas dificuldades pela frente. 

Ele ressalta que ao longo da sua jornada fez de tudo um pouco para sobreviver desde vender pão caseiro, bebidas em portas de festas, bordagem de miçangas em havaianas e muito mais. 

Depois de conhecer uma empresa de consultoria imobiliária e abraçar a oportunidade ele ressalta que após insistir e lutar diariamente para o seu sucesso, conseguiu vender e se destacar no mercado.

Com uma conjuntura tão adversa, como vender? Kleverson Passos fala sobre esse assunto
Para o especialista em mercado imobiliário, Kleverson Passos, a resposta pode ser resumida em uma única palavra: “Atendimento”. Sendo um vendedor imobiliário de sucesso no ramo de imóveis de alto padrão, Kleverson fala a cerca das dificuldades que o mercado apresenta.

“Ninguém acreditava que eu iria conseguir, mas a perseverança é a chave para o sucesso e hoje eu sei disso”. Diz Kleverson. 

Sua clientela é composta por artistas, políticos, grandes empresários, personalidades influentes e famílias bem sucedidas. Embora não revele números, o executivo pontua que, em tempos de recessão, o bom atendimento faz toda a diferença:

“Sempre prezo pelo cliente. Eu vejo o meu cliente como amigo. Presto sempre um atendimento totalmente diferente do mercado. Mudei os padrões do que as pessoas pensavam que era um corretor de imóveis, aquele paradigma de um senhor usando terno e gravata que tratava os clientes de forma robótica eu faço algo mais pessoal com os clientes, busco entender a necessidade de cada um deles. Afirma Klverson passos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.