KIN: conheça o cantor que emplacou três sucessos em plataformas digitais

0

“Casquinha da Ferida“, “Matemática do Amor” e “O Fígado Sente” já foram tocadas mais de 300 mil vezes no Spotify; músico gaúcho une pop com sertanejo em suas canções e se destaca por timbre único e marcante.

Com versatilidade e apostando no pop sertanejo, o cantor KIN tem se destacado no universo da música.

Recentemente ele lançou três novos hits “Casquinha da Ferida“, “Matemática do Amor” e “O Fígado Sente”, sendo este último executado mais de 300 mil vezes no Spotify. Os clipes das duas canções “Casquinha da Ferida“ e “O Fígado Sente” também já alcançaram 800 mil visualizações no YouTube.

O bom desempenho das músicas de KIN nas plataformas digitais demostram seu sucesso no meio musical e também nas redes sociais. Somente no TikTok ele soma 17,6 mil seguidores. Já no Instagram (@Kin.oficial) são 16,4 mil fãs acompanhando seu trabalho.

Natural de Canoas, KIN, que é dono do de um timbre de voz único, marcante e que o diferencia dos demais, descobriu seu dom musical aos 13 anos de idade. Em 2001, ainda no Rio Grande do Sul, deu início a sua carreira como cover do cantor Junior Lima, da dupla Sandy & Junior, em função de sua semelhança com o músico.

Em 2008, o gaúcho, conhecido por seu timbre de voz se mudou para São Paulo e gravou seu primeiro CD solo no estilo Pop, tendo como destaque o single “Que Pena de Você”. Ele também provou sua versatilidade ao ingressar na cena eletrônica, com sua composição “Sexy Love”, música produzida em parceria com o DJ Alexsander Hunt.

Durante sua trajetória artística, KIN se apresentou em diversas emissoras de televisão, entre elas a Rede Record, no Programa do Raul Gil, Rede TV, na RBS TV e na TV Guaíba.

Em 2020, o cantor lançou três novas músicas de trabalho. O clipe de “Casquinha de Ferida” já foi visualizado por 659 mil pessoas em seu canal no YouTube (KIN OFICIAL). Já a canção “O Fígado Sente” ultrapassou 270 mil visualizações.

Para ele, os números em ascensão refletem o reconhecimento do público ao seu trabalho como cantor há mais de 15 anos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.