Cirurgia Plástica: um instrumento para transformar vidas

0

George Bittencourt tem 37 anos, e é natural de Cuiabá, Mato Grosso, membro de uma família humilde sempre teve a certeza que a medicina era o seu caminho, e como cirurgião plástico descobriu sua paixão por ajudar as pessoas e ser um instrumento para levar autoestima e qualidade de vida.

O médico realizou sua graduação na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em 2001, mas em 2010 mudou-se de endereço e foi para a capital de São Paulo. “Meu sonho sempre foi vir para São Paulo para fazer minha especialização, porque acreditava que são Paulo possuía o melhor ensino médico do país e lá eu poderia atingir minhas aspirações de formar-me muito bem e ascender na carreira.”

No ano seguinte, o médico dedicou-se  exclusivamente aos estudos relacionados a cirurgia plástica e após três anos, concluiu a especialização.

Desde 2016 iniciou a carreira nessa área da cirurgia plástica, e focou sempre sua atuação em cirurgias estéticas, principalmente lipoescultura, lipoaspiração e valorização do contorno corporal, que são suas grandes paixões.

“A lipoaspiração e a lipoescultura são cirurgias complexas porque é preciso saber a quantidade  de gordura a ser retirada para dar o contorno certo do corpo, dando valor às formas das pessoas, mesmo sabendo que cada corpo possui suas particularidades e em sua maioria os corpos femininos não são retos. Todo esse conjunto é que valoriza a beleza da paciente, e os resultados são incríveis e empoderadores. Isso é o que me encanta na área”.

A lipoescultura é a cirurgia que o médico mais realiza, e que o tornou mais conhecido. O sucesso do Dr. George Bittencourt e sua equipe, vem justamente no trabalho de pré e pós cirurgia.

Toda a equipe se preocupa com cada paciente e em como colaborar para a melhor qualidade de vida do mesmo. Segundo o Dr. George, não somente a cirurgia é responsável pelo resultado positivo de um procedimento, mas toda a melhora do estado psicológico da pessoa depois que ela se vê no espelho e se sente mais bonita.

“Toda a jornada desde a primeira consulta, até após o procedimento cirúrgico, precisa ter como objetivo a melhora física e emocional. A autoestima e a autoconfiança são os principais agentes de transformação. O que eu considero sucesso após o procedimento, é quando  a pessoa se sente feliz, realizada, capaz de conquistar mais, não só pela beleza entregue pela plástica, mas pelo reconhecimento em si próprio de uma beleza e força única”, explica o médico. 

Ainda segundo o Dr., é importante que o paciente encontre um médico especialista membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, pois procedimentos como a lipoaspiração dependem mais da técnica e do tato do profissional, do que propriamente o equipamento que será utilizado por ele. É importante, sim, ter um equipamento moderno que auxilie o profissional, mas o que delimitará o resultado final será o know how do médico e o cuidado à técnica.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.